Destaques, Saúde Comentários (0) |

Fumar diminui tamanho do pênis – isso o Governo não avisa!

Chame a polícia, alerte os vizinhos e avise todos os seus familiares. O tamanho do seu pau pode estar em perigo, pelo menos, é o que afirma o novo estudo da Universidade do Texas: fumar diminui o tamanho do pênis!

Nós, como bons informantes de calamidades, fomos a fundo pesquisar sobre a descoberta dos pesquisadores texanos.

Continue Reading

Ver mais

Destaques, Relacionamento Comentários (0) |

Traição melhora casamento – é o que essa terapeuta diz

Se aconteceu aquela fatídica pulada de cerca, PODE SER que não dê tão errado assim. Ficou curioso? Ao menos esse é o ponto levantado por vários terapeutas especializados ao redor do mundo: traição melhora casamento e impulsiona o relacionamento.

A diminuição da taxa de divórcios na Europa tem uma forte relação a nova postura de “perdão de infidelidade” apoiada por um grupo de psicólogos de diversos países.

Traição melhora casamento?

Traição melhora casamento - é o que os terapeutas estão afirmando

A terapeuta australiana Matty Silver, especializada em relacionamentos e vida sexual, afirma que o chifre pode tanto machucar quanto ajudar um casal.

“É necessário entender por que aconteceu a infidelidade, nunca como achar um culpado, mas saber como seguir em frente”, conta.

Acontece que a traição irá mostrar para você que existem problemas dentro do relacionamento e, se quer salvá-lo, conseguirá encontrar uma resposta para suas dúvidas.

É sobre saber usar algo errado para construir um novo capítulo da história do casal. Então fica combinado de abolir o termo Corno Manso, viu?

A tolerância da traição

Traição melhora casamento - é o que os terapeutas estão afirmando

Com a descoberta de uma traição é muito comum acontecer uma briga homérica, roteirizada para uma novela das 9. Ainda assim existem outros pontos listados pelos terapeutas que afirmam que traição ajuda os casamentos.

O perdão e a tolerância de um lado, a paciência do outro. Essa é uma das principais maneiras de que ambas as partes consigam conversar.

Tesão x Ternura

O psiquiatra Flávio Gikovate, em evento de divulgação de série da Discovery Home & Health, fala sobre a separação desses dois lados do ser humano.

“Ternura e tesão são coisas diferentes. Por isso a traição sexual e sentimental são coisas diferentes”, define o psiquiatra.

O que deve ser mais pensado é sobre a quebra de confiança e, por sua vez, falha no diálogo. A melhor forma de reconquistar isso é que a amizade e carinho supram uma nova conversa.

Justa toda forma de amor

Traição melhora casamento - é o que os terapeutas estão afirmando

“Consideramos justa toda forma de amor”, já diria a música. Acontece que hoje conhecemos tantos formatos de relacionamento que seriam abomináveis a nem 20 anos atrás.

Talvez se o sexo com outros fala mais forte, seja a hora que consigam discutir sobre os tópicos relacionamento aberto, casas de swing e sexo à três.

Isso é uma apimentada na relação que já tem funcionado muito, justamente o que falamos no artigo “O que é relacionamento aberto e por que está mais comum?“. Dá uma olhada lá.

Concorda com os especialistas ou não? Deixe seu comentário sobre a infidelidade que ajuda.

Veja também

Ver mais

Destaques, Fetiches Comentários (0) |

Voyeurismo para iniciantes: Tudo do fetiche em assistir

Assim como já temos a lista de Fetiches para Iniciantes, decidimos mostrar aquele desejo em assistir os outros. Curte dar uma espiadinha? Então conheça tudo sobre o voyeurismo.

Voyeurismo para iniciantes

O que é voyeur?

É possível que você tenha parado aqui querendo descobrir um pouco mais sobre “o que é o voyeurismo?” ou “o que significa a palavra voyeur?” e ainda não saiba nada sobre o assunto. Não se preocupe, se você está querendo conhecer esse fetiche delicioso, podemos contar tudo desde o mais básico.

Voyeurismo e Mixoscopia

A palavra voyeur vem do francês “aquele que vê”, o que acaba sendo direcionado para o sentido geral. Não só no sexo.

Também pode ganhar outros nomes, o fetiche de Mixoscopia é literalmente o ato de se excitar assistindo alguém sem roupas e/ou fazendo alguma atividade sexual.

Dentro do fetiche voyeur

Sendo visto, sem ser visto. Aqui está a lista dos fetiches que estão inclusos no voyeurismo.

  • Espionar alguém tirando a roupa ou fazendo algo sexual;
  • Ver alguém mostrar rapidamente alguma parte do corpo;
  • Se masturbar vendo pessoas transando sem participar;
  • Assistir a própria transa (espelhos, gravação);
  • Ver uma dança erótica, strip-tease;
  • Frequentar casas de swing para apenas assistir;

É diferente do exibicionismo, mas é complementar. O certo de alguém que sente prazer em ver é encontrar alguém que gosta de ser visto. Os exibicionistas também rendem um artigo.

O voyeurismo no Cinema

O Show de Truman (1998), Voyeur (2017) e Janela Indiscreta (1954) mostram diversos lados de o que é o voyeur, quando na realidade a maioria de nós somos um pouco praticantes do voyeurismo. Mesmo que não seja de forma sexual.

Quando acompanhamos muito a vida de alguém no Instagram, ficamos fissurados em ver reality shows (Big Brother Brasil, De Férias com o Ex) e até o hábito de ver o que a sua vizinha faz… são práticas voyeur.

Sites voyeur

Nós já conhecemos muito bem os chats privados com camgirls, mas sabia que existe uma alternativa voyeurista para quem quer apenas ver a transmissão sem participar?

Camgirl Pocahontas do CameraHot

O chat voyeur do CameraHot é uma opção mais barata e que você aproveita toda putaria que as camgirls fizerem.

O site Voyeur House oferece uma experiência de realmente vigiar a vida de mulheres de calcinha, mudando de cômodo e tudo mais. Algo que também foi bem comum com a assinatura da CasaHot, acompanhando a rotina das camgirls em um reality pornô.

Longe do stalker

Nós temos que ter em vista que o stalker precisa se distanciar dos desejos voyeur. O stalker é um termo mais pejorativo, que faz referência a perseguição e a acabar com a privacidade da pessoa.

Podemos curtir esse fetiche sem invadir a vida do outro. É ainda melhor quando a pessoa quer mostrar suas intimidades

Além do manual Voyeurismo para Iniciantes, confira outros artigos relacionados a sexo e fetiche no blog Hora do Homem.

ACESSE O CHAT VOYEUR DAS CAMGIRLS DO CAMERAHOT!

Leia mais

Ver mais

Destaques, Saúde Comentários (0) |

Prepúcio: Tudo que precisa saber sobre a “pele do pênis”

Conhecer nosso próprio corpo é essencial para fazermos um sexo inesquecível, merecemos uma boa aula às vezes. Então dá uma olhada aí e veja todas curiosidades do prepúcio.

Ah, quem já é circuncidado também tá incluso.

Tudo sobre o prepúcio

O que é o prepúcio?

Parte do pênis que cobre a glande (cabeça), como uma pele ou capuz que consegue se retrair. Sua função é produzir uma lubrificação natural que protege o órgão e a sensibilidade.

A pele em que seu pênis habita não está ali simplesmente para proteção, muito menos só de enfeite. O prepúcio pode ser parte importante do prazer masculino, justo porque brinca com a sensibilidade da glande.

O movimento do prepúcio

Prepúcio: Tudo que precisa saber sobre a "pele do pênis"

Naturalmente é mais comum que encoberte a glande enquanto o pênis estiver flácido, ser esticada com o pênis ereto e voltar a cobrir ao fim da ereção.

Ainda assim isso não é regra, o único aspecto que pode se tornar um problema é quando a pele não se solta por completo – impedindo limpeza e prejudicando o desempenho sexual.

O que nos leva ao tópico que falarei mais a frente, a fimose.

Limpeza do prepúcio

Se você tem o prepúcio intocado por uma cirurgia, chamado popularmente de “Sem corte” ou “Uncut”, então precisa tomar alguns bons cuidados com a higiene de seu amigo.

A lubrificação do prepúcio se chama esmegma, um óleo que se acumula para facilitar o movimento. Mas é necessário que seja higienizado regularmente, evitando câncer, infecções e até amputação do órgão.

Ao terminar de fazer xixi também não basta balançar, um papel higiênico é necessário para evitar proliferação de bactérias e fungos.

Existem glândulas de Tyson, como bolinhas na base da glande, preocupam os mais jovens pela aparência. Ao contrário da primeira impressão são normais, nada parecidos com verrugas ou Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

Esse tema vale um post só dele, até porque (por incrível que pareça) muita gente tem dúvida.

O que é a fimose e circuncisão?

Fimose é basicamente quando o prepúcio tem uma abertura estreita demais para a passagem da glande, assim que ela é formada. Costuma aparecer em crianças até os 3 anos e se solucionar com o desenvolvimento do corpo.

Se a pele do prepúcio está impedindo a limpeza, gerando possíveis infecções com dificuldade de higiene, então é realizado uma cirurgia simples conhecida como circuncisão.

Por sua vez, a circuncisão (ou postectomia), irá retirar o excesso do prepúcio e costurar com pontos. É comum que, quando realizada com adultos, a sensibilidade do pênis seja diminuída por um tempo. Mas a alegação de que o pênis diminui é mentira.

Circuncidado ou circuncisado?

O jeito gramaticalmente certo de falar de um pênis que passou pela cirurgia é, surpreendentemente, circuncidado. O processo de circuncidar só leva a letra “S” no nome do procedimento mesmo.

Circuncisão como ritual

As tradições mais antigas mostram o valor religioso do corte no prepúcio, principalmente nas crenças de muçulmanos e judeus. Em Israel, quase todo homem judeu (95%) é circuncidado desde o batismo. Existem países em que, sem religião ou recomendação médica, os homens são circuncidados por questões estéticas.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem pesquisas que apontam que aproximadamente 80% da população masculina tenha feito a cirurgia. Um número avassalador.

Tudo esclarecido sobre o prepúcio? Então confira outros artigos da saúde do homem no blog.

Leia também

Ver mais

Destaques, Relacionamento, Sexo Comentários (0) |

O que é relacionamento aberto e por que está mais comum?

Nesse ponto do campeonato você provavelmente já deve ter ouvido o que é relacionamento aberto, mas alguns detalhes são bem importantes. Então saiba tudo sobre a modalidade de relação que é mais comum a cada ano.

E não sou eu que estou dizendo, confira até uma pesquisa da Playboy provando esse ponto. Saiba inclusive quantas mulheres e homens tem curiosidade em tentar.

O que é relacionamento aberto?

Em primeiro lugar, não vai ser um monstro de sete cabeças quando é bem conversado. Em resumo, o relacionamento aberto é uma relação que permite envolvimento com outras pessoas – seja sexualmente ou até com sentimental no meio.

O fim da monogamia?

Estamos na primeira geração que o divórcio já é mais aceito socialmente, então as relações mudaram muito. Também é mais comum que relacionamentos sérios, de morar junto, dividir contas e ter filho, aconteçam mais tarde.

Não quer dizer que monogamia esteja no fim, mas ainda assim é interessante notarmos que a forma que vemos as relações tem mudado muito em pouco tempo.

Relações abertas já são comuns?

Dos mais de 1000 entrevistados pela revista Playboy americana, a grande maioria se mostrou interessado em ao menos tentar um relacionamento aberto. E surpreendente não é uma tendência que acontece com os mais novinhos (com 18 anos) ou mais velhos (terceira idade).

Camgirls da CasaHot (GIF: CameraHot)

Na realidade é na faixa etária de 25 a 34 anos dos entrevistados que 10% já estão em um relacionamento aberto. Nessa idade muitos já passaram da fase de só ter interesse em tentar.

Mulheres ou homens querem mais?

A pergunta que não quer calar, mas que você já deve saber a resposta. É sim mais comum que homens estão mais interessados em abrir o relacionamento, com 60% dos caras respondendo sim.

Isso contra 30% das mulheres, mas ainda assim, já é um ótimo número para começarmos. Alguns grupos específicos também se mostraram mais sucessíveis a explorar esse lado, como negros (66%) e LGBTs (75%).

O que vale e o que não vale?

Isso vai exatamente do que é conversado, “o combinado não sai caro”. Quer dizer que ao abrir o relacionamento precisam estar seguros, confiantes e bem resolvidos. Existem inclusive níveis de abertura, seguem exemplos:

  • Flertar;
  • Dançar coladinho;
  • Trocar nudes;
  • Beijar;
  • Transar;
  • Conexões emocionais;
  • Entre várias outras coisas.

Também varia entre os casais que preferem saber de todos detalhes, de forma bem honesta e sem sentimento de posse, ou que simplesmente combinam em não contar as aventuras um para o outro. É sempre algo a se pensar.

Garanto que só isso não matou a curiosidade, então ainda vai ver muito mais artigo sobre relacionamento aberto por aqui!

Leia também

 

 

 

 

Ver mais

Destaques, Fetiches, Sexo Comentários (0) |

Podolatria para iniciantes: O manual do fetiche em pés

Para começar com o pé direito na nossa editoria dos desejos, vamos explicar tudo sobre o fetiche em pés. Curte algo assim? Tem curiosidade? Então precisa ver o nosso guia de Podolatria para Iniciantes.

Podolatria: O fetiche em pés

Alicia Delicia CameraHot Podolatria para iniciantes O manual do fetiche em pés na frente da camera

Alicia Delicia do CameraHot (Foto: Hora da Gata)

A história da podolatria

Por mais que pareça algo novo, e até tem certo tabu dentro dos relacionamentos, a podolatria é uma tara reconhecida há milênios. Nos próprios quadros renascentistas, os símbolos de feminilidade (Madonas) tinham os pés posicionados de forma sensual.

Podolatria-para-iniciantes-O-manual-do-fetiche-em-pés-venus-adormecida-giorgione

Recorte do quadro “Vênus Adormecida” de Giorgione

Outra explicação da origem é na questão das vestimentas da antiguidade, com saias que cobriam as pernas e pés. Por conta disso poderá encontrar na literatura muita referência a tirar os calçados das personagens como um grande desejo realizado.

Então pode ficar tranquilasso que nossos ancestrais curtiam um pézinho bem antes da gente!

O que está incluso no fetiche?

Podolatria para iniciantes O manual do fetiche em pés footjob penheta

Quase dois terços dos principais fetiches são relacionados com a podolatria. E, claro, a maioria de quem mais gosta são os caras. Segundo reportagem do Diário Gaúcho, 78% dos entrevistados que se excitam com pés são homens. 

Tudo possível que possa imaginar realizar com um pé está incluso, e dá pra fazer bastante coisa. Segue aqui a lista de parafilias mais comuns ligadas aos pés:

  • Lamber, morder e chupar um pé;
  • Ser pisado, com pés descalços ou calçados;
  • Sentir prazer ao ser tocado (e tudo mais) nos pés;
  • Cheirar os pés, as meias e calçados;
  • Ver os pés em determinada posição sexual;
  • Determinado calçado, como salto alto (altocalcifilia);
  • Footjob ou penheta (uma punheta feita com os pés);
  • E vai longe a lista!

Clubes de podólatras

Assim como as casas de swing e os clubes de strip-tease, é muito comum que os podólatras se encontrem em boates para praticantes de BDSM. A categoria que engloba os fetiches de Bondage, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo. 

Ah, outra ótima alternativa é uma companheira online. É o caso de várias camgirls do CameraHot que mostram os pés para os amantes da Podolatria na webcam.

Josi Mancini CameraHot Podolatria para iniciantes O manual do fetiche em pés na frente da camera

Para alguns é ainda mais excitante, como já vimos muitas gatas contar no Hora da Gata!

Como começar?

Isso é super fácil, realmente tem bastante gente que curte. Para começar a praticar a podolatria é legal começar com massagens, utilizando cremes e óleos corporais com aromatizante.

Se ao imaginar você já sentiu um arrepio, então pode ser que aproveite muito mais uma relação com os pés descalços.

Gostou de saber mais do fetiche em pés? Comente qual desejo curtiria ver por aqui!

Ver mais