Existem várias invenções que estão aí para revolucionar nossa vida sexual, mas algumas estão bem próximas. Ficou curioso, né? Então confira três opções de “sexo do futuro” que já são uma realidade.

O verdadeiro sexo do futuro

1. As bonecas quase humanas

São réplicas perfeitas do corpo humano e podem fazer até mais, essa é a proposta de empresas como Honey Dolls e Real Dolls. Atualmente já existem linhas que você personaliza suas bonecas sexuais, definindo partes como tamanho dos peitos, rosto e tipo de vagina. Sim!

Essa reportagem da BBC News mostra a nova tendência de prostíbulos com bonecas sexuais, confira:

A novidade principal é a reação à estímulos, como gemidos e falas, câmera nos olhos e o uso de inteligência artificial. O cara do filme HER pira!

2. Camisinhas 2.0

Já sabemos que o momento de colocar preservativo são segundos preciosos. E é essa solução que a fundação Bill & Melinda Gates quer encontrar com mais de 10 projetos de pesquisa. Já foram doados mais de 1 milhão de dólares para investir na nova geração de camisinha, mais fina, autolubrificada e fácil de colocar.

3. Pornô em chamada de vídeo

No futuro o que vai ser cada vez mais comum é o uso de Realidade Virtual (com uso de óculos) e Realidade Aumentada (igual o jogo do Pokémon) para assistir pornografia. O que pode melhorar a experiência é o uso de luvas e roupas íntimas que simulem carícias, objetos que já estão em desenvolvimento.

Com esse projeto da Durex podemos ficar ainda mais próximos naquela troca de nudes:

A opção mais perto da nossa realidade, e bem em conta, são chamadas de vídeos com camgirls. O chat de sexo virtual no CameraHot disponibiliza além de bate-papo e vídeo, dá a chance de controlar o vibrador delas no HotConnection – decidindo a rotação e a velocidade.

Quando imaginaria isso nos anos 90?

É realmente o mundo está diferente, mas se fosse por você voltaria para o passado ou avançaria mais no sexo do futuro?

Veja também

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin