Na história da música já houveram muitos artistas provocativos, batendo de frente com gravadoras, público e órgãos reguladores. Seja como for, as capas censuradas por sexo explícito viraram ainda mais valiosas.

Existem mais alguns exemplos proibidos, mas a gente não precisa mostrar os mais simples e os mais repugnantes – com insinuação a estupro e violência à mulher.

Essas aqui até hoje são debate se realmente precisavam ser censuradas.

5 capas censuradas por sexo

Acredite, a capa do Kanye West é mais leve que a do John Lennon.

O demônio branco

Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo Kanye West My Beautiful Dark Twisted Fantasy

Kanye West é uma figura polêmica, isso todos já sabem. Mas já foi nas capas de seus álbuns também. O rapper solicitou ao artista George Condo para ilustrar algo provocativo. O resultado foi ele sendo seduzido por uma mulher-demônio branca, enquanto toma uma cerveja.

Após ter conseguido que queria polemizando, a capa foi substituída pela debaixo. Conceitual também!

Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo Kanye West My Beautiful Dark Twisted Fantasy

 

A marca da índia

5 capas censuradas por sexo Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo Índia Gal Costa

Na boa, olha que capa artisticamente linda. Gal Costa, no auge da juventude, usou a sensualidade para estampar a capa que não mostrava (literalmente) nada. Mentira, na parte de trás ainda tinha os seios amostra.

A solução foi bem prática mesmo. Utilizaram uma capa plástica como uma embalagem. Pelo menos o disco foi sucesso.

5 capas censuradas por sexo Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo Índia Gal Costa

 

Orgia de seios

Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo Jimi Hendrix – Electric Ladyland capa

Toma um, dois, oito pares de peitos. Se já conhece um pouco sobre o lendário Jimi Hendrix – um dos maiores guitarristas da história musical – pode saber dessa censura.

O disco “Electric Ladyland” (1968) deixou de ser a várias mulheres nuas para um retrato avermelhado do ícone.

Vira-vira lobisomem

5 capas censuradas por sexo Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo David Bowie – Diamond Dogs (1974)

A capa em que David Bowie é metade cachorro, com o pênis amostra, chocou. Conhecido como o camaleão do rock, o cantor foi desenhado pelo artista Guy Peellaert na capa de “Diamond Dogs” (1974).

A genitália foi escurecida na nova versão e o álbum é até hoje um dos mais aclamados da carreira de Bowie.

5 capas censuradas por sexo Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo David Bowie – Diamond Dogs (1974) disco vinil

 

Nada virgens

5 capas censuradas por sexo Capas de álbum que mudaram por cenas de sexo John Lennon – Unfinished Music No. 1 Two Virgins Yoko Ono

O álbum pra lá de experimental, da capa às faixas, mostra John bem distante do que foi nos Beatles. Sim, você está vendo John Lennon e Yoko Ono pelados. Se um artista de hoje fizesse uma capa como essa causaria polêmica, imagina quase 70 anos atrás.

A censura do “Unfinished Music No. 1: Two Virgins” aconteceu no mesmo que a do Hendrix, em 1968, quem vê a segunda capa nem imagina o restante da foto.

Agora que sabe a versão antes e depois, conte qual é a sua favorita nos comentários!

Leia também

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin