Conhecer nosso próprio corpo é essencial para fazermos um sexo inesquecível, merecemos uma boa aula às vezes. Então dá uma olhada aí e veja todas curiosidades do prepúcio.

Ah, quem já é circuncidado também tá incluso.

Tudo sobre o prepúcio

O que é o prepúcio?

Parte do pênis que cobre a glande (cabeça), como uma pele ou capuz que consegue se retrair. Sua função é produzir uma lubrificação natural que protege o órgão e a sensibilidade.

A pele em que seu pênis habita não está ali simplesmente para proteção, muito menos só de enfeite. O prepúcio pode ser parte importante do prazer masculino, justo porque brinca com a sensibilidade da glande.

O movimento do prepúcio

Prepúcio: Tudo que precisa saber sobre a "pele do pênis"

Naturalmente é mais comum que encoberte a glande enquanto o pênis estiver flácido, ser esticada com o pênis ereto e voltar a cobrir ao fim da ereção.

Ainda assim isso não é regra, o único aspecto que pode se tornar um problema é quando a pele não se solta por completo – impedindo limpeza e prejudicando o desempenho sexual.

O que nos leva ao tópico que falarei mais a frente, a fimose.

Limpeza do prepúcio

Se você tem o prepúcio intocado por uma cirurgia, chamado popularmente de “Sem corte” ou “Uncut”, então precisa tomar alguns bons cuidados com a higiene de seu amigo.

A lubrificação do prepúcio se chama esmegma, um óleo que se acumula para facilitar o movimento. Mas é necessário que seja higienizado regularmente, evitando câncer, infecções e até amputação do órgão.

Ao terminar de fazer xixi também não basta balançar, um papel higiênico é necessário para evitar proliferação de bactérias e fungos.

Existem glândulas de Tyson, como bolinhas na base da glande, preocupam os mais jovens pela aparência. Ao contrário da primeira impressão são normais, nada parecidos com verrugas ou Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

Esse tema vale um post só dele, até porque (por incrível que pareça) muita gente tem dúvida.

O que é a fimose e circuncisão?

Fimose é basicamente quando o prepúcio tem uma abertura estreita demais para a passagem da glande, assim que ela é formada. Costuma aparecer em crianças até os 3 anos e se solucionar com o desenvolvimento do corpo.

Se a pele do prepúcio está impedindo a limpeza, gerando possíveis infecções com dificuldade de higiene, então é realizado uma cirurgia simples conhecida como circuncisão.

Por sua vez, a circuncisão (ou postectomia), irá retirar o excesso do prepúcio e costurar com pontos. É comum que, quando realizada com adultos, a sensibilidade do pênis seja diminuída por um tempo. Mas a alegação de que o pênis diminui é mentira.

Circuncidado ou circuncisado?

O jeito gramaticalmente certo de falar de um pênis que passou pela cirurgia é, surpreendentemente, circuncidado. O processo de circuncidar só leva a letra “S” no nome do procedimento mesmo.

Circuncisão como ritual

As tradições mais antigas mostram o valor religioso do corte no prepúcio, principalmente nas crenças de muçulmanos e judeus. Em Israel, quase todo homem judeu (95%) é circuncidado desde o batismo. Existem países em que, sem religião ou recomendação médica, os homens são circuncidados por questões estéticas.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem pesquisas que apontam que aproximadamente 80% da população masculina tenha feito a cirurgia. Um número avassalador.

Tudo esclarecido sobre o prepúcio? Então confira outros artigos da saúde do homem no blog.

Leia também

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin