São muitos meses de isolamento social e ficar em casa está cada vez mais difícil. O ideal é tentar se manter em quarentena tanto quanto possível, mas pelos mais diversos motivos, uma viagem acaba se tornando uma necessidade.

Claro, pegar a estrada com certeza não é o recomendado durante a pandemia. Mas ainda assim existem formas de viajar tentando minimizar a possibilidade de contágio por coronavírus. Saiba como aqui com a gente.

Evite ônibus e avião

A primeira coisa essencial é tentar evitar transportes públicos e em massa. Ficar confinado em um ambiente com dezenas ou centenas de pessoas por horas e sem muito espaço é praticamente um pedido para ser infectado pela Covid-19.

A melhor forma de viajar atualmente é com um carro particular e o mínimo de pessoas possível dentro dele.

Locais isolados

Caso vá viajar, esqueça cidades grandes ou praias badaladas. Essas são opções para um outro momento e que representam um risco de contágio muito grande pelo vírus. 

A preferência é por destinos em que poucas pessoas vão e que tenham locais controlados. Saiba algumas opções um pouco mais seguras de viagem:

Acampamento

Se um dos grandes pontos é não se aglomerar em locais fechados, nada melhor do que tirar um fim de semana para ficar sozinho e a céu aberto. Talvez um acampamento seja uma boa ideia de viagem.

Cabana nas montanhas

Quer um pouco mais de tempo com um pouco mais de gente para passar um friozinho gostoso no inverno? Então nada melhor do que uma casa nas montanhas para relaxar. Por padrão, esses locais já não são tão visitados e tem bastante espaço para explorar sem encontrar praticamente ninguém.

Praia pequena

Prefere um pouco de calor e está precisando reenergizar com areia e mar? Então fuja das praias conhecidas e vá para uma pequena cidade litorânea. De preferência, ao partir para a praia, prefira as que são pouco visitadas e estão fora da parte urbana também.

Airbnb

Hotéis costumam ser locais em que a passagem de pessoas é constante, além do fato de muitos deles estarem fechados. Sendo assim, alugar um airbnb talvez seja uma opção bacana na necessidade de viajar.

Apenas certifique-se de que o último hóspede fez checkout pelo menos dois dias antes de você chegar. Assim, o risco de ser contaminado é minimizado.

Visitando familiares ou amigos

Talvez não seja a viagem mais indicada no momento, pois ao ir para a casa de alguma outra pessoa você pode ser o vetor de contágio ou ser contaminado. Por outro lado, talvez seja uma necessidade que surgiu também.

Aqui, a ideia é usar os primeiros dias para manter o máximo de cuidado possível. Ou seja, tentar manter distância de 2 metros, dormir em quartos diferentes, usar máscara etc. Caso nesse tempo ninguém apresente os sintomas, dá para afrouxar um pouco, desde que todos que estão no lar fiquem em casa.

Cheque as restrições do local

Viu todas as opções e escolheu para onde quer ir? Bom, existe um último passo antes de arrumar as malas e se mandar. Não esqueça de conferir as restrições de idas e vindas antes de fazer a sua viagem.

Muitos municípios e alguns estados adotaram medidas de isolamento que envolvem a autorização ou não de visitantes. Verificando qual é a situação do seu local de escolha antes de simplesmente ir, você evita de chegar na cidade e dar de cara na porta.

Gostou das dicas de viagem?

Para conferir conteúdos sobre viagem, estilo de vida, sexo e muito mais, é só continuar com a gente aqui no Hora do Homem. Então não esqueça de deixar o seu comentário e veja mais aqui com gente!

Leia também

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin