Linguagem corporal pode ser uma pseudo ciência para aqueles que não conseguem entender ou acreditar em como a forma que você anda ou se porta na frente de alguém pode dizer mais de seu interior e de sua personalidade.

Porém, para muitos, a linguagem corporal comunica sim tanto ou mais que os lábios, e é responsável, principalmente, pela primeira impressão que temos dos outros e eles tem de nós mesmos à primeira vista.

Por exemplo, você tem a impressão que as pessoas sentem que você é confiante ou até mesmo mais confiante do que você realmente é? Ou então sente que já nesse primeiro contato as pessoas passam a impressão de ver em você uma pessoa tímida, fechada e um pouco instável?

Essas são somente algumas das coisas que seu corpo comunica somente através da sua postura. Quer ver só?

Postura ereta

Seja ao chegar de encontro com alguém ou em uma reunião, manter a postura ereta é importante, pois além de demonstrar que você está interessado em o que é que esteja rolando, faz com que você fique maior, independente do seu tamanho, uma vez que manter a coluna ereta faz com que seus ombros fiquem abertos, seu peitoral abra.

Porque pense se for ao contrário, se ao chegar você esteja curvado, encarando o chão, mãos nos bolsos e com o peitoral encolhido, passa a impressão de não estar nem um pouco confortável com a situação, fazendo com que as pessoas te sintam muito mais tímido.

Rosto erguido

Olhar para frente ou olhar para o chão? Qual dessas duas opções faz com que as pessoas te sintam mais confiante? Com certeza olhar para frente, olhar nos olhos ao conversar.

Manter o rosto erguido enquanto anda na rua ou está em um encontro, isso vai mostrar que está confortável.

Aperto de mão firme

Sim, encontre o equilíbrio entre o aperto de mão ideal para você, até porque ele não pode ser muito forte como uma maneira de deixar a outra pessoa intimidada, nem ser muito fraco a ponto de demonstrar que você está inseguro.

Um bom aperto de mão é aquele firme, que envolve a mão das duas pessoas inteira e termina com uma pequena balançada, então, se o seu aperto é fraco, comece já a treinar.

Sorria, meu bem

Um sorriso comunica muitas coisas, como o fato de você ser sociável e agradável, além de demonstrar que você está realmente prestando atenção ao que te falam modificando sua expressão facial como confirmação.

Não estamos falando pra sorrir o tempo todo, aquele sorriso de orelha a orelha, dentes arregalados e olhos esbugalhados, mas sim um leve puxar dos lábios em direção a um sorriso já é o suficiente para confirmar a sua atenção e ao mesmo tempo parecer agradável e gentil.

Evite coisas que demonstram que você não está confortável, como:

Batucar os dedos, roer as unhas, cruzar os braços, bater os pés no chão, ficar pegando nos cabelos, enfim, todos esses tiques de inquietação devem ser deixados de lado se quiser ser visto como uma pessoa confiante de si.

Todos eles são clássicos sinais de nervosismo, inquietação e ansiedade, então, maneire nos tiques e sempre fique atento a hora que eles aparecem, até porque, se seu corpo está gritando através dessas ações que algo está errado, está mais do que na hora de investigar o que é e como fazer para mudar.

Mas sou tímido, como vou passar essa segurança e confiança se eu não me sinto assim?

O mais legal do cérebro e de nosso aprendizado é que ele é móvel e adaptável. Sim, com um pouco de esforço, você pode ensinar seu cérebro a permanecer com a postura ereta, o rosto na altura dos olhos, e afins, e isso vai refletir na forma que você se sente.

Você pode ser muito tímido, sem passar essa imagem de confiança no caminhar, porém, se começar a andar confortável consigo mesmo, seguindo essas nossas dicas, seu cérebro vai agir de acordo e te ensinar que sim, você é confiante.

Com uns dias de programação comportamental, você já vai estar se sentindo muito mais seguro de si e sua postura estará dizendo a mesma coisa, então, por que não começar a treinar?

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin