O mercado financeiro é uma verdade mina de ouro. O problema é que muitas pessoas não acreditam que com paciência e estudo é possível comprar ações e ter uma lucratividade acima de outros investimentos como a poupança e a renda fixa. O próprio site da Bovespa contribui para que pessoas comuns possam aplicar seus dividendos em ações de empresas, valorizando seu capital e tornando-se um expert na bolsa de valores. Quer saber como iniciar e começar a investir? Nós trazemos algumas dicas.

O processo
Para investir no mercado de ações é simples: escolha uma corretora, abra sua conta, faça os aportes, veja em quais empresas quer investir após uma análise de como está o mercado e, por fim, compre a ação desejada através do Home Broker. Após isso, o processo será apenas de acompanhamento do seu patrimônio, dentro da própria corretora, podendo vender de forma descomplicada. Viu como é simples? Então vamos definir como não cometer erros na sua aplicação.

Escolha uma boa corretora
Você precisará, inicialmente, que uma empresa financeira habilitada seja responsável pela manutenção de suas ações – as famosas corretoras. Procure as que oferecem as melhores condições, como taxas de administração baixas e que estejam de acordo com o seu perfil. Pesquise e trabalhe apenas com corretoras confiáveis, que te dão dicas de como proceder e até algumas ações que podem estar em alta. Lembre-se: a corretora fará a parte administrativa, o jogo financeiro é você quem executa.

Entenda o mercado
Como as ações funcionam? Com o aporte ou retirada de valores de uma empresa ou instituição com capital aberto. Assim, você precisa entender qual é a sistemática do mercado, antecipando se aquela empresa crescerá ao longo do período desejado – lembrando que bons investimentos são de anos, e não meses – e sempre realocando os recursos quando vier uma nova oportunidade. Acompanhe noticiários, leia artigos de especialistas no assunto e faça você mesmo suas métricas.

Utilizando o Home Broker
Aqui é onde você compra e vende suas ações, pela própria internet, de forma rápida e simples. Contudo, não fique tentado em ficar trocando de investimentos por quedas e altas sazonais, pois elas não refletem o que está acontecendo no mercado. Uma boa corretora apresenta inúmeros dados para você comparar, como o crescimento das ações nos últimos anos e a projeção para o próximo período.

Pouco dinheiro? Renda fixa
Se tiver um montante menor que R$ 5 mil para investir, procure alocar em renda fixa, pois as ações podem não ter um reflexo muito grande em pequeno espaço de tempo. E essa é a nossa dica: quantias pequenas podem ser aplicadas, mas os resultados muitas vezes ficam pouca coisa acima de 100% do CDI ou um LCI/LCA.

Conheça as modalidades de investimento
Fundos de longo e curto prazos são tributados de forma diferente, funcionam com dinâmicas exclusivas e cada uma um perfil diferenciado. Há modalidades de investimento no mercado financeiro que podem ser ideias para você; outras só te farão perder tempo, isto se não causarem prejuízo.

A bolsa não é um site de apostas
Por mais que a bolsa varie de acordo com inúmeros fatores, não acredite que apostar cegamente em algumas ações te fará rico. É fato: o mercado financeiro é a forma mais concreta de fazer dinheiro com investimento, mas também é o que oferece mais riscos. Por isso, se quer manter seu patrimônio, tenha paciência e estude: os gurus da bolsa utilizam estes dois métodos para construírem impérios bilionários – e, quem sabe, você não pode ser o próximo?

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin