Assim como os carros, motos também possuem vários tipos e cada uma possui uma especificação que se encaixa num estilo de vida.

Tá a fim de pegar a estrada e sentir a velocidade ou dar um rolê com conforto, tudo sobre duas rodas, você e a estrada? Trouxemos uma lista de tipos pra que você encontre a que mais te agrada e possa curtir esse rolê com gosto. Olha só:

Custom

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Esse modelo preza mais pelo conforto que velocidade. Seu assento costuma ser mais baixo e seu pedal, mais avançado, fazendo com que a posição que o piloto fique seja confortável, muitas vezes tendo as costas apoiadas no encosto do banco. Seu design é mais estilo anos 50/60, com peças cromadas e alforjes em couro. É perfeita pra curtir uma viagem na estrada e se sentir um Rider on the Storm com sua Harley-Davidson.

Cafe Racer

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Criadas nos anos 70, foram produzidas para pequenos percursos – de uma cafeteria a outra, e por isso seu nome, que normalmente jovens ingleses e franceses faziam. São motos leves e rápidas, criadas também para pequenos rachas. Seu estilo é mais minimalista e com cara de corredor mesmo, tendo o guidão mais baixo. Você encontra elas em modelos com uma cara mais moderna também, mas no mesmo tipo.

Chopper

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Suas principais características são os garfos longos e a falta de freio dianteiro. Seu tanque é alto na frente, baixo atrás, seu guidão por vezes pode ser longo (obrigando o piloto a ficar com os braços erguidos), o que dá um visual mais excêntrico. Elas não possuem nada que não seja necessário, como banco de garupa, alforges e para-lama dianteiro.

Off Road

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

É o tipo com muitas variantes como trial, motocross, supercross, raids, crosscountry e enduro. Suas rodas são maiores e seus pneus são específicos para terrenos com muitos obstáculos, como terra e pedras, além de uma suspensão alta que absorva o impacto no solo, não refletindo a batida no piloto. Não possuem acessórios que possam facilmente ser quebrados, visto sua função, além de não possuírem peças que são obrigatórias para pilotagem na cidade (como lanternas).

Scooter

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Também conhecidas como vespa, motoneta ou lambreta, é o tipo preferido para quem não tem muita habilidade com motos ou não busca grandes emoções com velocidade. Não precisam mudar de marchas, apenas acelerar ou frear. Não possuem pedais e seus pés ficam apoiados em frente ao corpo. Esse tipo andou passando por uma repaginada, ficando com um estilo mais moderno e esportivo. Sua vantagem é ser econômica, sendo a escolhida para quem quer usar como transporte para trabalho e etc.

Esportiva

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Carinhosamente apelidada de “moto ninja”, ela possui uma variação conhecida como Naked, onde não tem a carenagem (a capa que fica sobre seu motor). Feitas com materiais leves, um design mais futurista e moderno e com um desempenho é excelente. Sua mecânica garante alta velocidade e melhor manejo. Esse tipo obrigada o piloto a ficar inclinado sobre o tanque de gasolina para criar mais resistência ao vento.

Touring (GrandTour)

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Possui grande porte, alta cilindrada, grande capacidade para bagagens e tecnologias como rádio, entrada USB e até mesmo ar-condicionado. Seu conforto está acima da média, e como o próprio nome diz, é uma moto feita para “tour” (longas viagens), pois possui poder absoluto nas rodovias e uma segurança imbatível comparada à outros tipos.

Motard e Supermotard

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

Possui características de uma off-road, mas criada para asfalto. Muito utilizadas em circuitos e nas grandes cidades, possui alta cilindrada (principalmente as supermotard), pneus lisos e suspensão diferenciada.

Street

tipos de motos blog hora do homem

Reprodução: internet

O preferido de quem usa moto como instrumento de trabalho, pois são fáceis de manobrar, leves e econômicas, além de terem maior estabilidade em curvas e serem estreitas. Perfeitas para o perímetro urbano.

Depois dessa lista, acima de você, só Deus e a roda da frente!

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin