Os soluços incomodam muita gente, desde recém-nascidos até terceira idade e na maior parte dos casos ele é inofensivo, mas o que muitas pessoas não sabem é que ele pode estar atrelado a algum problema de saúde. Sim, esse incômodo pode ter diversas causas e vamos te ensinar como se livrar desse mal. O soluço acontece quando pegamos pesado com comidas e bebidas com muito gás, quentes ou geladas, fazendo com que o diafragma saia do ritmo e tenha espasmos.

Quando estamos no meio de uma crise de soluço, a única coisa que queremos é que ela pare, mas essa é uma coisa quase que impossível ou pelo menos era até agora, porque separamos aqui algumas dicas para você parar com a crise imediatamente. E sim, você com certeza vai encontrar uma ou outra que você já ouviu a sua vó ou mãe falando!

Saco de papel

Sim, sabe aquelas cenas de filme que a pessoa fica respirando em um saco de papel? Não é só pra bonito, essa técnica realmente ajuda, pois quando você respira dentro do saquinho, o ar estará cheio de gás carbônico e a concentração desse gás aumenta no sangue e o nervo responsável pelo diafragma se acalma.

Susto

Sim, pode parecer mentira, mas o susto pode causar uma parada repentina na respiração e isso interrompe os espasmos, fazendo o diafragma voltar ao normal.

Banheiro

Se você acabar comendo demais, o seu estômago vai inchar e consequentemente irritar o nervo frênico. Quando isso acontece, você pode dar uma passadinha no banheiro e esvaziar o estômago, isso alivia a pressão no diafragma.

Deite

Ok, em certos momento essa não pode ser uma opção viável, mas é sempre bom estar ciente de uma outra técnica alternativa. Você precisará se deitar de maneira confortável, elevar as coxas e mantê-las flexionadas com força sobre a barriga, dessa forma o diafragma vai relaxar e parar com o soluço.

Essas opções podem salvar você de um momento de grande desconforto, então aproveitem bem essas dicas! Faltou alguma técnica? O que vocês fazem?

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin