Se você nunca viajou para o interior de muitos estados brasileiros e não teve a grande chance de ver algumas cachaças curtidas em animais peçonhentos como cobras, escorpiões e outros, você não sabe o que é ficar intrigado e ao mesmo tempo com muito medo.

Mas, para os corajosos, a surpresa; uma bela cachaça à base desses animais não é tóxica, visto que o álcool quebra as proteínas do veneno e o neutraliza. Essa bebida alcoólica, mais do que o sabor, traz para muitas culturas efeitos medicinais e curativos, podendo tratar desde queda de cabelo à disfunções sexuais.

cachaça com cobras

Agora, pode parecer estranho mesmo assim e não, não viemos aqui lhe ensinar a fazer um cachaça com animais peçonhentos. A dica de hoje são alguns segredos bacanas para você fazer aquela cachaça que antes não descia nem por reza braba descer redondinha.

Segredos para uma boa cachaça

Você sabia que pode utilizar frutas, ervas, raízes e animais peçonhentos? Okay, nos animais peçonhentos você já sabia, porém, o que é mais usado para infusionar cachaças e destilados são frutas, ervas e raízes. Se você procura algo mais doce, apenas pela curtição, as frutas são uma ótima pedida, além de tornarem a cachaça muito mais refrescante. Para deixa-la ainda mais doce, rola adicionar açúcar mesmo, pode ser o mascavo também, mel ou uvas passas.

Agora, se procura alguma propriedade medicinal, nada como estudar algumas ervas e o que quer curar e deixar na cachaça, afinal, essa foi uma das primeiras formas de se fazer remédios nesse Brasil a fora.

Você sabia que pode usar qualquer tipo de bebida para fazer infusão? Sim, existe água saborizada, vodca saborizada e até whisky. Mas para isso, saiba qual a relação do destilado com o ingrediente. Combina? O sabor de um não é muito mais forte que o outro? Escolha três ingredientes no máximo, até porque muita coisa misturada faz com que nosso paladar não consiga sentir um separadamente do outro.

cachaça com frutas

Você sabia que é melhor deixar curtir uma cachaça branca? Pois é, agora se for aquela amarela, ou seja, a que já foi envelhecida, pode ser que sua mistura não dê certo, visto que não se sabe em qual madeira ela vou guardada para envelhecer e isso pode acabar interferindo.

Você sabia que leva mais de um ano para a cachaça curtida ficar perfeita? Acredite se quiser, sei que nesse século temos pressa para tudo, porém, se quiser uma boa cachaça curtida, nada melhor que deixa-la de molho por mais de um ano. É claro que você poderá provar e até tomar após uns dois meses, porém, para um melhor resultado, esperar cerca de um ano é a chave do segredo.

Você sabia que existe cachaça orgânica? Sim, alguns fabricantes desse nosso Brasil já conseguiram o certificado de produção orgânica dessa que é a queridinha dos brasileiros. A proposta é que na produção da cana não seja usado nenhum tipo de composto químico, como agrotóxico, sendo substituído pela acidez do limão.

Você sabia que alguns aperitivos são ótimos para harmonizar com a cachaça? Para uma experiência completa, nada melhor que uma cebolinha e batatinha na conserva, azeitonas recheadas de pimenta e um amendoim salgado, né?!!

Para essa e outras receitas de boteco, voltamos aqui numa próxima vez, então, não deixe de acompanhar o Hora do Homem e deixe nos comentários quais comidas de boteco você quer aprender a fazer.

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin