Quem assiste televisão pôde acompanhar recentemente a situação que envolveu alguns participantes do Big Brother Brasil 2018. O brother Lucas se envolveu em uma polêmia por ter uma noiva fora da casa e, mesmo assim, criar um affair com outra participante do programa. Em alguns momentos, o rapaz se disse arrependido e até mesmo chorou, mas as câmeras acabaram pegando outros momentos mais amorosos entre os dois participantes no BBB18.

Com todo esse ocorrido e sua eliminação do programa, seu relacionamento está por um fio e o público, divido entre amor e ódio pelo brother. Além do mais, variados debates surgiram depois disso, principalmente se “beleza, dinheiro ou amor?” irá salvar ou não o seu noivado. Mas então: amor, dinheiro, beleza ou personalidade é capaz de fazer uma mulher ficar com você? 

Primeiro é preciso falar sobre o maior mito da humanidade: mulher gosta é de dinheiro. Será? Uma pesquisa realizada com mulheres nos Estados Unidos e Reino Unido foi atrás de descobrir o que realmente interessa elas em um encontro. Em primeiro lugar temos a personalidade, já os bens financeiros estão em último lugar. Mas claro que não podemos anular o fator, visto que mesmo em último lugar, o dinheiro ainda é um atrativo para mulheres. Entretanto, homens também gostam de dinheiro, e uma pesquisa realizada pela revista TIME também mostrou que muitos homens são atraídos por mulheres com salários e bens financeiros altos. Dinheiro configura uma estabilidade e segurança, mas para a maioria das mulheres, a personalidade, atitudes e caráter do rapaz é o que realmente importa.

Ah, mas o que é essa personalidade aí que atrai? Ela é um conjunto que envolve caráter, intelectualidade, atitude e até mesmo o cavalheirismo. É uma combinação dos fatores que fazem com que você se destaque de uma forma atraente para a moça em questão. E dentro disso tudo, também é preciso compreender que existem diferenças entre ser bonzinho e ser cavalheiro. A maior diferença entre esses dois fatores é a sua motivação.

Enquanto o cara bonzinho precisa ter certas atitudes para atrair a atenção da mulher, o cavalheiro quer tomar as atitudes porque ele gosta da atenção, mas não que isso necessariamente vá fazer falta. E a linha tênue que segura as duas pontas é a segurança, por isso geralmente o cara bonzinho é visto como um rapaz desesperado para agradar e geralmente se dão mal, pois sua motivação é a recompensa final. Já o cavalheiro tem determinadas atitudes, pelo prazer de ver a outra pessoa bem, num ato altruísta sem esperar a recompensa. E acredite, isso é percebido pelas mulheres e acaba atraindo ou espantando elas. Você pode entender um pouco mais sobre essa diferença, clicando aqui.

Já a intelectualidade não quer dizer apenas sobre o seu nível de estudo. Diz também sobre a sua percepção do mundo, suas opiniões, seus ideais e o que você acredita. Provavelmente você já ouviu a frase “mulheres se apaixonam pelo que ouvem”, e isso pode ser até uma verdade. Quanto mais suas ideias se enquadram dentro do que ela acredita do mundo e da vida, maiores as chances dela querer manter contato e levar isso adiante. Mas tenha sempre consciência de que o que você acredita e o que você faz estão ligados quase diretamente, e as chances da gata pular fora no menor sinal de hipocrisia são bem grandes. E tudo isso compõe o seu caráter, pois, afinal, uma pessoa que não vive de acordo com seus ideais ou não é capaz de considerá-los talvez não tenha o mais atraente dos caráteres.

E tudo isso junto puxa a questão da atitude. Afinal, o que é o cara de atitude? Muitas vezes acreditamos que é aquele rapaz que já chega pegando e marcando seu território como o macho alfa. Mas para muitas mulheres, é o contrário. Ser educado, ter auto confiança, saber a diferença entre ter senso de humor e ser palhaço, saber cuidar de si mesmo, saber tratar bem uma mulher e ter autoestima são alguns exemplos que configuram um cara com atitude. E isso para a parceira, vale muito.

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin