A Playboy é uma das revistas mais célebres e conhecidas em todo o mundo. Além de trazer ensaios com mulheres lindas em todas as suas edições, a magazine traz ainda reportagens interessantíssimas para o universo masculino. Por trás de uma das publicações mais populares do mundo estava um homem chamado Hugh Hefner, um grande empresário e visionário nascido nos Estados Unidos, em Chicago que fundou a revista. Conheça agora a história dele!

Hugh, curiosamente, era o filho mais velho de uma família altamente conservadora, protestantes e puritanos. Mas desde a sua infância já havia despertado interesse pela área de jornalismo, sendo responsável inclusive por criar um jornal em sua escola. Anos depois esta paixão editorial acabou levando-o a fundar sua própria revista.

Acontecimentos de sua vida pessoal também o levaram ao caminho da publicação masculina. Ainda enquanto jovem, segundo relatos do próprio Hugh, a rejeição de uma garota fez com que ele mudasse de abordagem. De um jovem comportado e engomadinho, “Hef”, como passou a ser chamado, se tornou um jovem mais descolado e estiloso, conquistando popularidade entre seus colegas.

Início da Playboy

Antes ainda de fundar a Playboy, Hugh Hefner ingressou no Exército dos Estados Unidos, mas não pegou em armas: atuou como cartunista e secretário, onde exerceu essas funções por 2 anos. Depois, entrou para a Art Institute of Chicago, e então na Universidade do Illinois, onde se formou em Psicologia. O currículo de Hef não parou por aí, pois o empresário também estudou sociologia na Universidade Northwestern.

Entrou no mercado editorial depois de trabalhar em lojas, se tornando editor da Esquire, onde ficou por dois anos e acabou sendo demitido após não aceitar se mudar para Nova York com a revista sem receber um aumento de salário.

Com algum prestígio no mercado editorialista, Hefner se reuniu com ex-colegas e discutiu sobre a criação de uma nova revista masculina, cujo foco seria o público de homens após o término da Segunda Guerra Mundial: estava criada a Revista Playboy, em 1953. A primeira capa foi ninguém menos que Marilyn Monroe, em um calendário que ficou eternizado nas páginas da revista que teve como investimento inicial apenas cerca de 9 mil dólares conseguidos por Hugh Hefner com empréstimos e o penhor de bens.

O Império da Playboy

A revista que Hugh Hefner fundou atinge hoje a 33 países e é editada em 30 línguas em todo o mundo. Mensalmente, mulheres incríveis de todo o planeta saem na capa desta revista que fatura cerca de 50 milhões de dólares com o licenciamento da marca, que é publicada por diferentes editoras autorizadas em todo o planeta. No Brasil, a Playboy é editada desde 1975 pela Editora Abril.

Hugh Hefner

Hugh Hefner construiu uma fortuna pessoal de mais de 40 milhões de dólares e se tornou dono de diversas propriedades dentro e fora dos Estados Unidos, incluindo a também famosa Mansão Playboy, onde as “coelhinhas” – Playmates – protagonizam diversos shows da Playboy TV.

Hugh Hefner morreu em 2017, com 91 anos, devido a causas naturais. Morre então, o ídolo de muito jovem que viu os anos passando nas páginas coladas da Playboy.

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin