A ginecomastia, também conhecida por hipertrofia mamária, é nada mais que o aumento excessivo das glândulas mamárias e sim, ela possui tratamento! A mama tanto masculina como feminina é formada pelo tecido adiposo e pela glândula mamária, porém, normalmente nos homem o nível de hormônio que faz com que as mamas cresçam é pequeno e quando ela cresce demais é preciso ir ao médico para checar. Essa doença atinge cerca de 30% dos homens, entenda porque.

ginecomastia

Causas

Essa neoplasia pode atingir todas as idades, desde recém nascidos até adultos e cada fase da vida ela possui diferentes causas, então é importante ficar atento em que momento ela se desenvolveu. Quando a ginecomastia se desenvolve em recém-nascidos, o principal motivo é o contato com o estrogênio que a mãe produz durante a gestação, nesse caso o tratamento é bem rápido.

Quando ela se desenvolve na adolescência, é por conta da puberdade, então por volta dos 14 anos isso pode afetar tanto uma quanto as duas mamas.  A causa é a demora que a quantidade de testosterona se desenvolve em relação ao estrogênio.

Já quando um adulto é afetado, geralmente a causa está ligada a queda de testosterona no organismo, essa queda pode acontecer por diversos motivos, como: doenças sistêmicas, neoplasias, doenças endócrinas e o uso de drogas.

Tratamento

A ginecomastia pode ser tratada de duas formas, por meio da cirurgia ou por terapia hormonal, de qualquer forma, você deve ir ao médico para que ele possa afirmar qual é o seu quadro e analisar em qual grau de ginecomastia você se encontra.

Grau I

É quando existe apenas uma pequena quantidade excessiva ao redor da aréola, quase como um botão. Neste caso é bem fácil de remover, basta uma incisão no local.

Grau II

Neste grau você já consegue observar bem a ginecomastia, então indica-se uma lipoaspiração do excesso de gordura local.

Grau III

Além de bem visível, a ginecomastia está mais espalhada e é possível notar o excesso de pele. Para remover, indica-se fazer incisões no local.

Após o tratamento é possível ver o resultado completo em mais ou menos um ano, mas logo nas primeiras semanas você já consegue ter uma noção de como já melhorou. Então, como dissemos, essa neoplasia é muito mais comum do que você pensa, não é preciso ter vergonha e sim, procurar um médico.

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin