Se você sempre foi da turma dos caras que preferiam jogar um FIFA do que estar em campo driblando, então vai ficar feliz (e com um pouco de inveja) em saber que agora quem joga videogame tem vez no mundo dos esportes. Nos últimos 5 anos, os esportes eletrônicos tiveram um boom muito grande no Brasil e isso transformou os jogadores profissionais de games em atletas.

Antes o videogame era algo que não trazia futuro, era puramente ligado a diversão, mas conforme os tempos foram mudando e a tecnologia tomou um lugar muito grande no mundo, essa visão foi ficando cada vez mais ultrapassada, deixando esse esporte no mesmo patamar de modalidades olímpicas. Assim como nos jogos de futebol, basquete e afins, temos negociações de jogadores, patrocínio e centros de treinamento, nos esportes eletrônicos isso também existe e é muito bem desenvolvido, sem falar no acompanhamento que é exigido como: psicólogo, nutricionistas e preparadores físicos.

Quer saber mais?

 

De acordo com uma pesquisa feita pela Newzoo, a audiência brasileira de e-sports ultrapassa 11 milhões, ficando atrás apenas dos chineses e americanos. E não para por aí, os brasileiros estão entre os melhores do mundo e com essa reputação eles recebem em média de RS3 mil a R$6 mil, já para os que tem uma influência maior nas redes sociais, o salário pode subir para até R$30 mil. Por conta desse crescimento, algumas equipes se uniram e fundaram a ABCDE, Associação Brasileira de Clubes de E-Sports.

E se você pensa que só homens jogam, está muito enganado! As mulheres estão crescendo cada vez mais no mundo dos esportes eletrônicos e já são consideradas as maiores consumidoras do mercado de games em um geral, não apenas os que envolvem jogos esportivos.

Principais jogos

Quer saber quais os principais jogos que participam de competições?

League of Legends (LoL)

Counter-Strike Global Ofensive (CS:GO)

Starcraft

DotA 2

Fifa

Premiação

De acordo com a Newzoo, em 2016 teve a maior premiação de E-Sports, o vencedor faturou US$ 8,8 milhões e no torneio mundial foram US$ 24, 6 milhões em prêmios distribuídos. Sim, os valores são altíssimos e por mais “novo” que seja esse tipo de esporte, há muitos investidores e patrocinadores, um bom exemplo é o time Paris Saint German que tem contrato com jogadores de esportes eletrônicos.

E aí, vocês já acompanharam alguma competição? O que acham desse novo esporte? Conta pra gente nos comentários!

Deixe seu comentário aqui
Gostou? Compartilhe com os seus amigos!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin